05 setembro 2014

Próximas Resenhas: Setembro #Day97


Hello skyscrapers!

Hoje eu vim trazer um post com as resenhas que estão na fila aqui no blog. Mês passado não consegui trazer tantas quanto eu queria, mas tentarei aumentar o número esse mês. Tem também muitos filmes para serem apresentados, o que acham de colocar eles no quadro também, a partir do próximo mês? 

Lembrando que podem haver resenhas que não estarão no post, e também tem o livro do clube do livro que leio e trago a resenha até o fim do mês, e amanhã eu trago qual foi o escolhido para vocês.

Nome: A Menina que Roubava Livros
Autor: Markus Zusak
Páginas: 480
Editora: Intrínseca
Sinopse: A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler.
Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade.
A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto – e raro – de crítica e público.

Nome: Hisórias Brasileiras de Verão (Coleção As Melhroes Crônicas da Vida Íntima)
Autor: Luis Fernando Veríssimo
Páginas: 281
Editora: Objetiva
Sinopse: Os bares. A praia. A casa. Ele, ela, os outros. As paixões arrasadoras. Os ódios mortais. Histórias Brasileiras de Verão revela o dia-a-dia da classe média brasileira pelo humor genial de Luis Fernando Verissimo.
Um dos escritores mais talentosos do país apresenta aqui seus melhores textos sobre o obscuro território de nossas relações cotidianas.


Nome: 30 Dias com Camila
Autor: Silvia Fernanda
Páginas: 304
Editora: Schoba
Sinopse: A vida de Camila estava um caos. Acabou de completar 30 anos. Perdeu a mãe. Sua melhor amiga se mudou para o outro lado do país. Está apaixonada pelo filho do chefe, que além de ser seu colega de trabalho é noivo de uma mulher que atormenta sua vida. Está entediada, deprimida e a ponto de fazer uma besteira com a própria vida. É uma pessoa que nada tem a perder. E pessoas que não tem nada a perder são muito perigosas... Edgar tinha vida perfeita. Noivo. Bem sucedido. E finalmente de férias para curtir sua lua de mel em paz. Porém do dia para noite tudo muda: sua noiva foge com outro e para piorar a situação no dia seguinte acorda vendado e algemado a uma cama por uma louca, que após fazer loucuras com seu corpo, lhe faz uma proposta muito chocante: 30 dias de muito sexo, sem regras, sem compromissos.

Nome: Will & Will
Autor: John Green e David Levithan
Páginas: 352
Editora: Galera Record
Sinopse: Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio.


Nome: Noiva de Ocasião
Autor: Liz Fielding
Páginas: 183
Editora: Harlequin
Sinopse: O sonho de toda garota é organizar a cerimônia de casamento perfeita sem precisar gastar um tostão sequer. Sylvie não pensa do mesmo modo. A mansão em que acontecerá o evento pertenceu aos seus antepassados, mas agora ela descobriu que o novo proprietário é ninguém menos do que Tom McFarlane, o pai de seu bebê. Mas parece que ele ainda não está sabendo dessa novidade…







E essas são as futuras resenhas! Vou tentar trazer pelo menos quatro esse mês, mas se eu conseguir trago mais. 

O desafio está chegando ao fim, e no encerramento vou dizer como vai ser o novo padrão do blog, então não percam! 

~Xoxo

4 comentários:

  1. O personagem que eu pensei para Inspiration foi o Sam Claflin. Lindo, não é?!
    Mas se não puder colocar, não tem problema.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii
      Hmm, é uma boa ideia, colocarei sim ^^ Mas vai demorar um pouco para ele aparecer, porque já tem uma parte que está escrita, então ele entrará depois dessa parte, okay?
      Bjs :*

      Excluir
  2. Recebeu uma tag: http://historiasefanficsdeestela.blogspot.pt/2014/09/tag-qual-e-o-livro.html

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela tag, jájá eu posto *--*

      Excluir