24 maio 2014

Resenha: A Culpa é das Estrelas


Bom dia cherries, como vocês estão?

Devo dizer que eu demorei bastante pra fazer essa resenha, mas é porque tinham várias na fila, dos desafios e tal, então fui intercalando. 

Vamos à resenha? 


Nome: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Páginas: 286
Editora: Intrínseca
Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.



Em "A Culpa é das Estrelas" temos Hazel Grace Lancaster nos contando sua história. Ela é uma garota de 16 anos, sobrevive graças ao Felipe, seu oxigênio, e a um remédio chamado Falanxifor. Hazel tem câncer de tireóide com metástase nos pulmões. Aos 13, seu cancêr foi dado como terminal, mas ela sobreviveu, e ela chama esse momento de "o milagre", porque realmente é.

Ela frequenta um grupo de apoio, bem no lugar onde há o encontro das pontas da cruz, por isso é chamado de "o coração literal de Jesus", por Patrick, "dono" do grupo. Seu único amigo lá é Isaac, um menino de sua idade que já perdeu um olho pelo câncer e está prestes a perder o outro.

Certo dia, Isaac leva seu amigo Augustus, um jovem de 17 anos que perdeu uma de suas pernas pelo osteossarcoma (câncer nos ossos), e está a um ano e meio SEC (Sem Evidência de Câncer). 
O Augustus e eu estávamos juntos no Time das Criaturas Improváveis: nós e os ornitorrincos.
Eles começam a flertar um com o outro, mas o que realmente os une é a leitura. Quando Hazel está indo embora da casa de Gus, ele dá um livro, uma adaptação de seu videogame favorito, O Preço do Alvorecer , e em troca lê o livro favorito de Hazel, Uma Aflição Imperial, e é ai que a história começa a engrenar.

O livro termina na metade de uma frase, pois Anna - personagem principal - fica muito doente ou morre e não consegue terminar de contar a história, e Hazel quer saber o que acontece com os outros personagens após o final da história. Ela já escreveu várias cartas para Peter Van Houten, autor do livro, que se encontra em Amsterdã, mas nenhuma delas foi respondida, porém, Augustus consegue se comunicar com ele através de sua assistente.

Gus usa seu único Desejo (na Fundação Gênio, eles realizam um desejo de jovens em estágio terminal da doença, ele ganhou esse pela perna perdida) para irem a Amsterdã a fim de descobrir o resto da história. 
Obs: Hazel gastou seu Desejo com 13 anos, quando suas chances de viver era quase nulas.
Me apaixonei do mesmo jeito que alguém cai no sono: gradativamente e de repente, de uma hora para outra.
O livro é cheio de citações - dos livros que os personagens gostam - e metáforas, que passam uma mensagem muito legal, várias delas passam a mesma mensagem, algumas mensagens diferentes, mas não vou muito a fundo nisso, só quem leu saberá. #Muahaha

É uma história de adolescentes com câncer mas, ao contrário do que parece, a história não é sobre o câncer. Esse é um ponto forte do livro, não fica muito pesado, tudo flui de uma maneira ótima e é quase impossível parar a leitura. Eu mesma, sempre que tinha que parar, ficava todo o tempo pensando nela até continuar, e assim que terminei já recomecei, foi assim, li duas vezes seguidas, sem intervalo, para poder começar outra coisa, porque entrei em depressão literária, não consegui prestar atenção em nada, só pensava em ACEDE. Bom, ai já dá para perceber a minha opinião sobre o livro, né?
Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelações.
Não sei bem o que falar sem acabar dando spoiler, tive que me esforçar bastante e reler e reescrever a resenha para não falar demais, somente o necessário mesmo, sem contar a história. 

Sobre os personagens... eles são apaixonantes. Todos eles. Achei Hazel um pouco insensível (? - não sei se seria essa a palavra exata) em algumas partes, mas não dá pra imaginar essas determinadas cenas sem esse jeito dele. Augustus é todo misterioso e apaixonado por metáforas, tudo que ele faz é por algum tipo de metáfora, e quer ter uma morte "honrosa", quer morrer por uma grande causa. Isaac... Bem, Isaac é o meu personagem favorito. Sim, amei o simplicidade dele, o jeito dele. Ele é bem intenso - às vezes até intenso demais -, é aquela pessoa que você gosta de passar o tempo, aquele amigo para todas as horas. Bem, os outros também, mas não sei, gostei dele. 

Indico esse livro para todos, com certeza ele entrou para os meus favoritos e pretendo relê-lo diversas vezes. 
Até a próxima resenha, cherries. See ya ♥
Não dá para escolher se você vai ou não vai se ferir neste mundo, meu velho, mas é possível escolher quem vai feri-lo. 

6 comentários:

  1. Todo mundo fala tão bem desse livro que eu necessito lê-lo logo *--* Sua resenha ficou muito boa e só me deixou com mais vontade de lê-lo...

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"
    Participe do Sorteio do Livro DAHRIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito bom mesmo, é um romance dramático, pelo que vejo do seu gosto pela leitura lá no seu blog, tenho certeza que vai amá-lo *-*
      Que bom que gostou da resenha, obrigada pelo comentário.
      Beijos :*

      Excluir
  2. Oi Tatii! A crítica à Summer Love 2 já foi postada no Críticas de Fanfics.
    Espero que concorde com a crítica.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que demais *--* Muito obrigada, já já vou lá ver!
      Beijos :*

      Excluir
  3. Será que poderia dar uma olhada a um blog de fics jemi?
    A escritora regressou com nova história e não tem comentários.
    É esse o link: historiasdasilvia.blogspot.pt/
    Obrigada.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olho sim, adoro fics Jemi. Dê uma olhada na minha também! Tem Inspiration que foi finalizada a primeira temporada e logo terá a segunda, e Sorte ou Azar, que está em hiatus no momento mas esse mês sai. Pode encontrá-las no catálogo de fics.
      Vou dar uma lida lá, se gostar eu sigo ^^
      Beijos :*

      Excluir